A website número 1 no mundo em audição e perda auditiva
Desde 1999

20 de abril de 2015

500 genes podem afetar nossa audição

A explicação para perda auditiva hereditária pode, na maioria dos casos, ser encontrada nos nossos genes. Mais de 500 dos 30 mil genes humanos podem atingir a audição.

500 genes podem afetar nossa audição

O corpo humano consiste de 30 mil genes que controlam as funções das células criando diferentes proteínas. Dos 30 mil genes existentes no ser humano,  cinco mil ,no mínimo, afetam a audição, segundo Claes Möller , professor de audiologia de uma universidade sueca (Örebro University in Sweden).

Mutação pode causar perda auditiva

Se o gene tem defeito, ele certamente não produzirá a proteína necessária ou se produzir, será muito pouco. Nesse caso, o gene é chamado de mutação. Todas as pessoas que nascem com perda auditiva, no mínimo de dois entre três casos são causados por mutação em um dos 500 genes.

Em se tratando de perda auditiva causada por mutação, um terço dos casos contém a chamada síndrome, o que significa que, a perda auditiva existe em combinação com outros sintomas. E um exemplo disso é a Síndrome de Usher que afeta tanto a audição como a visão.

Terapia genética como tratamento

O gene mais comum é resultado de perda auditiva hereditária chamada Conexina 26. Esse gene corresponde a 20% de todos os casos de perda auditiva hereditária.  

Com o objetivo de encontrar o tratamento correto para perda auditiva,faz-se necessário saber qual o gene causador dessa enfermidade. No caso da Síndrome de Usher, pesquisadores estão no processo de experiência com terapia de gene, afirma Möller.

Fonte: Din Hørsel (Norway) no. 7, 2014.

Por favor use nossos artigos

Você será sempre bem vindo para indicar ou usar nossos artigos. A única restrição é que você forneça um link direto para o artigo específico que usar na página que nos citou/indicou.

Você não poderá, Infelizmente, usar nossas fotos, uma vez que nós não temos copyright delas, mas temos o direito de usá-las em nossa website