A website número 1 no mundo em audição e perda auditiva
Desde 1999

Há cura para tinnitus?

Muitos perguntam como o que fazer para acabar com o constante zumbido no ouvido, ou se há cura para tinnitus. Você vai ler mais, aqui, sobre como conviver e lidar com tinnitus.

Há cura para tinnitus?

Som de campainha, assobio, zumbido e  barulho - tinnitus - pode ter muitas formas. O ruído incômodo e desconfortável no ouvido varia de pessoa para pessoa que tem tinnitus. E isso causa um certo impacto na vida das pessoas, algumas experimentam um ruído constante nos ouvidos, enquanto que outras tentam  controlar essa situação. Muitos , portanto, perguntam se tinnitus pode ser curado, como eles podem parar com o som de campainha no ouvido, e se há tratamento ou medicamento para tinnitus.

Cura para tinnitus?

Você pode facilmente encontrar muitos que através da internet, tv, anúncios comerciais no rádio, jornais e revistas oferecem métodos de cura, ou no mínimo, prometem reduzir tinnitus. E isso pode ser em forma de “medicamento” (comprimido e injeções), tratamento com ervas medicinais, como também diferentes tipos de terapia e hipnose. No entanto, existem outras “curas”.  A lista de “curas” é longa e tem crescido ainda mais.

Muitos, felizmente, podem conviver com tinnitus, uma vez que isso ocorre ocasionalmente e/ou é relativamente tranquilo. Mas para alguns, tinnitus é incômodo, severo e intenso ao ponto de influenciar de um modo negativo e intenso sua vida. Para essas pessoas é muito normal buscar uma cura para acabar com tinnitus, ou no mínimo, reduzí-lo. Infelizmente, não há ainda provas científicas sobre a cura ou tratamento para tinnitus.

Terapias e aconselhamento podem ajudar

Para alguns que têm tinnitus encontrar ajuda em diferentes formas  de terapias e aconselhamento  podem funcionar como estrtégias de convivência. A psicologia  também tem um papel importante , quando se trata de  tinnitus, e algumas vítimas dessa enfermidade podem ser beneficiadas com esses tipos de procedimentos. Esses procedimentos podem ajudar-lhe à aprender como conviver com tinnitus.

Uma boa ideia é contatar um órgão nacional de tinnitus, ou uma organização voltada para deficiência auditiva como também entrar em contato com outras  pessoas que estão lutando com essa enfermidade, tinnitus. A experiência de outras pessoas que convivem com tinnitus podem com frequência ser muito útil.

Tinnitus e perda auditiva

Pesquisas médicas têm mostrado nos últimos anos que pessosas que têm tinnitus têm também alguma forma de perda auditiva.

Para algumas pessoas essa deficiência auditiva é tão pequena que afeta apenas a banda estreita de frequências, o que significa dizer que isso não resulta em perda auditiva, mas somente o fato de se experimentar tinnitus. No entanto, para outras pessoas, deficiência auditiva pode ser mais intensa ao ponto de chegar a afetar mais as frequências. Se a deficiência auditiva é de grande proporção que possa  ser tratada com o uso de aparelhos auditivos, esse tipo de aparelho pode reduzir tinnitus.

Estudos científicos, médicos e audiológicos têm mostrado que tratamento para deficiência auditiva com o uso de aparelho auditivo, somado à contribuições audiológicas, podem reduzir tinnitus, ou no mínimo, impedir a experiência de se ter tinnitus.

Portanto, se você tem experimentado tinnitus, pode ser uma boa ideia fazer um teste auditivo para verificar se tinnitus está relacionado à perda auditiva, a qual pode ser tratada com aparelho auditivo moderno. No entanto, é importante também enfatizar que pessoas que experimentam tinnitus podem não chegar ao ponto de ter deficiência auditiva que precise ser tratada.

Como conviver com tinnitus

Como conviver com tinnitus? A resposta para essa pergunta é muito pessoa. Cada pessoa com tinnitus tem que encontrar sua própria maneira de lidar com essa enfermidade. Em geral, é uma boa ideia evitar stress e procurar repousar. É também aconselhável evitar lugares ruidosos, e algumas pessoas se dão bem com exercícios de relaxamento.

Muitos têm experimentado o fato de que tinnitus aumenta quando tomam café, álcool ou fumam.

Terapias e estratégias de convivência podem facilitar quando se tem tinnitus. Para outras pessoas, terapias alternativas como acunputura, quiropraxia e hipnose podem amenizar os efeitos de tinnitus. Mas, é importante salientar que os efeitos dessas alternativas de terapias não têm respaldo científico.

Existirá cura para tinnitus?

É difícil prever o que acontecerá no futuro. A resposta para essa pergunta, no entanto, é “talvez”. Os conhecimentos científicos acerca de tinnitus têm aumentado nos últimos anos, e talvez um dia alguém encontre um tratamento que possa reduzir, ou curar completamente tinnitus.

 

Causas de tinnitus

Consequências de tinnitus

Conviver com tinnitus

Por favor use nossos artigos

Você será sempre bem vindo para indicar ou usar nossos artigos. A única restrição é que você forneça um link direto para o artigo específico que usar na página que nos citou/indicou.

Você não poderá, Infelizmente, usar nossas fotos, uma vez que nós não temos copyright delas, mas temos o direito de usá-las em nossa website