A website número 1 no mundo em audição e perda auditiva
Desde 1999

05 de janeiro de 2015

Estilo de vida influencia a audição positivamente e negativamente

Estilo de vida e hábitos podem afetar a audição de modo positivo, enquanto que outros podem prejudicar a audição levando a perda auditiva.

As suas escolhas de estilo de vida, como alimentação, bebidas saudáveis e uma certa quantidade de café ao dia podem afetar a audição de um modo positivo. Por outro lado, ouvir música alta em headphones ou se alimentar de modo incorreto são escolhas, de estilo de vida, que poderão afetar negativamente  a audição. Como também o fato de fumar durante a gravidez, o que poderá causar perda auditiva na criança.

Alimentação saudável, audição saudável

Fazer uma dieta saudável com baixas calorias pode causar efeito positivo, e de fato, ajudar na audição, Segundo estudo sueco. O estudo sugere que restrição calórica além do efeito de retardar o envelhecimento, pode também ser vantajoso e útil  em relação a perda auditiva provocada pela idade.

No estudo, ratos de meses de idade foram submetidos a uma  restição calórica de 70%, enquanto que outros se alimentaram à vontade. O resultado mostrou que a restrição calórica das ratas fêmeas foi favorável para seu nível auditivo.

Café pode reduzir tinnitus

O uso moderado de cafeína pode ajudar a reduzir tinnitus, revela uma pesquisa Americana. O estudo mostra que mulheres com um alto nível de uso cafeína – na maior parte em forma de café- experimentaram baixas taxas de tinnitus.

Comparadas às mulheres cujo consumo  era menos que 150 miligramas de cafeína ao dia (uma xícara e meia de café), mulheres que consumiam de  450  a 599 miligramas de cafeína(porção equivalente de 4 a 6 xícaras de café), ao dia, apresentaram 15% menos incidência de tinnitus.

Som alto prejudica células nervosas

Numa pesquisa feita, no Reino Unido, cientistas foram capazes de identificar células nervosas prejudicadas como resultado de exposição a ruídos. Por essa razão, o estudo conclui que música alta em headphones tem o mesmo efeito nas células que esclerose múltipla e causa perda auditiva.

A pesquisa mostra que níveis de ruídos acima de 110 dB (decibéis), retirando o isolamento das células nervosas, as quais transportam sinais do ouvido para o cérebro. A perda dessa camada de proteção, chamada de mielina, interrompe os sinais nervosas elétricos. O mesmo processo ocorre dessa vez para um ataque ao sistema imunológico, que destroi as células, no cérebro, e que resulta em múltipla esclerose.

Tabagismo na gravidez e perda auditiva em adolescentes

Fumar na gravidez  é outro fator de estilo de vida que tem efeito na audição. nesse caso, fumar na gravidez pode prejudicar a audição de fetos, Segundo pesquisa realizada nos Estados Unidos.

Um grupo de jovens, 16,2% são filhos de mulheres que fumaram na gravidez. Esses adolescentes faziam parte de um grupo de alto risco dque se encontravam no nível de 2 e 6 Khz, conforme a pesquisa revelou. Um entre seis  experimentaram perda auditiva pelo menos em um dos ouvidos comparados com um entre quatro jovens, os quais não se exposeram a tabagismo no útero.

Diabetes tipo 2 e aperda auditiva

Diabetes tipo 2  como é bem conhecida é uma doença relacionada ao estilo de vida e pessoas que sofrem com essa doença säo mais propensas a desenvolverem perda auditiva, revela estudo feito no Canadá.

Pesquisadores têm apresentado uma Revisão Sistemátia e Metanálises para o estudo da correlação entre diabetes tipo 2 e perda auditiva. Os resultados mostraram que a incidência de perda auditiva, definida como perda de sons puros de mais de 25dB no ouvido mais prejudicado estava significantemente alta em pessoas com diabetes. O número varia de 44 a 69,7% para diabéticos, comparado com 20 a 48% dos não diabéticos.

Os pesquisadores podem, portanto, concluir que a prevalência de perda auditiva moderada é mais elevada em pacientes com diabetes tipo 2.

Por favor use nossos artigos

Você será sempre bem vindo para indicar ou usar nossos artigos. A única restrição é que você forneça um link direto para o artigo específico que usar na página que nos citou/indicou.

Você não poderá, Infelizmente, usar nossas fotos, uma vez que nós não temos copyright delas, mas temos o direito de usá-las em nossa website