A website número 1 no mundo em audição e perda auditiva
Desde 1999

28 de novembro de 2016

Milhões de europeus correm risco de má qualidade de vida

Uma pequena parte disponível de bandas largas bluetooth deverá ser reservada para pessoas com dificuldade auditiva, caso contrário.

Milhões de europeus correm risco de má qualidade de vida

Mais de 52 milhões de cidadãos da União Europeia (UE) têm dificuldade auditiva severa o suficiente ao ponto de afetar o cotiano deles.

A Hear-it AISBL, uma organização que está por trás da Hear-it, escreveu para diversas autoridades reguladoras nacionais europeias, organizações e membros de parlamentos nacionais europeus,  fazendo recomendação séria acerca de restrições de pequenas  partes de disponibilidade de banda larga bluetooth para deficiente auditivo.

Quando esses milhões de cidadãos deficientes auditivos participam de reunião de trabalho, eventos ou querem engajar-se em atividades culturais e religiosas, igrejas, museus, atividades de  entretenimento, shows, cinemas, teatros ou algo semelhante, eles precisam ser capazes de conectar os seus aparelhos auditivos a transmissores, afim de que através deles possam ouvir, e ao mesmo tempo interagirem-se.

Os deficientes auditivos necessitam de uma conexão entre seus aparelhos auditivos e o sistema de transmissão, mesmo quando navegam em trem, ônibus e aeroporto.

Nesses casos, os deficientes auditivos são ainda mais dependentes da tecnologia bluetooth.

Deficiente auditivo necessita da tecnologia bluetooth

Hear-it AISBL recomenda que uma pequena parte disponível da banda bluetooth seja reservada e protegida para garantir que milhões de cidadãos deficientes auditivos tenham uma qualidade de vida melhor, e que sejam capazes de atuar na sociedade, em vez de tornar essas empresas, exclusivamente, em grandes companhias, ou especificamente, em tecnologia comercial.

O desafio é simplesmente fazer com que os aparelhos auditivos sejam adaptados à tecnologia bluetooth para comunicação auditiva com celulares, no âmbito pessoal, tv, com professores, e muitos outras interações diárias. Sendo assim, os usuários de aparelho auditivo ficarão, no futuro, mais dependentes da tecnologia bluetooth.

Problema com interferência

Um outro problema é que a interferência entre diferentes bandas bluetooth, usada com diferentes finalidades, pode incomodar ou bloquear os aplicativos do bluetooth utilizados pelos aparelhos auditivos. O desafio principal é que pequenos dispositivos bluetooth, como o aparelho auditivo, tem possibilidades limitadas de se auto proteger contra tais interferências, uma vez que filtros eficazes são impossibilitados de serem utilizados em aparelhos auditivos devido o tamanho e a fonte de energia restrita.

Escolha a melhor opção

A escolha é muito simples: Milhões de deficientes auditivos europeus, com  um dia a dia tranquilo e com qualidade de vida melhor ou pretensões de grandes companhias multinacionais e alguns milhões ou até bilhões de euros aos cofres nacionais- um risco maior de dívida para milhões de cidadãos que não são capazes de atuar adequadamente no cotidiano. Os deficientes auditivos terão um nível  baixo de qualidade de vida, que poderá custar aos cofres públicos despesas grandes relacionadas a área de saúde e social.

A Hear-it AISBL adverte veemente e recomenda que políticas europeias, como também relevantes autoridades reguladoras escolham a primeira opção.

Leia a carta da hear-it AISBL na íntegra (em inglês)

Por favor use nossos artigos

Você será sempre bem vindo para indicar ou usar nossos artigos. A única restrição é que você forneça um link direto para o artigo específico que usar na página que nos citou/indicou.

Você não poderá, Infelizmente, usar nossas fotos, uma vez que nós não temos copyright delas, mas temos o direito de usá-las em nossa website