A website número 1 no mundo em audição e perda auditiva
Desde 1999

Hiperacusia

"Histérico" ou "com uma audição muito boa "são ideias errôneas mais comuns sobre um um paciente com hiperacusia.

Hiperacusia

Latidos de cachorro, risos , toques de telefone, som de água corrente de uma torneira ou ruídos de aspirador são sons diários comuns.Não são tão altos, e claro, não prejudiciais à uma audição normal.
No entanto, para pacientes de hiperacusia estes sons diários podem causar dor, frustração e até mesmo  terror. Tem-se observado crianças correndo de sons específicos que os incomodam, contudo,  são inofensivos para  as demais pessoas.

A falta de compreensão é outro problema para as pessoas que sofrem com essa enfermidade, pois com frequência são acusadas de serem hipersensíveis e até histéricas. “Sua audição é muita boa” é uma conceção comumente errada acerca dessas pessoas.

Em um estudo publicado pela revista International Journal of Audiology, 2002, no. 8 foram entrevistadas mais de 1.000 pessoas sobre suas experiências com os sons e os pesquisadores descobriram que  entre 6 a 8 por cento sofriam de hiperacusia e se associava com tensão e dificuldades para concentrar-se.

Pessoas com hiperacusia possuem uma audição perfeitamente normal, não escutam melhor que outras, mas o que ocorrre é  que elas  têem  uma redução na tolerância a sons específicos  e níveis de sons que não são normalmente considerados ruidosos. Para alguns pacientes,  o problema surge com níveis de som baixo como 25 dB (decibéis), impossibilitando-os para o diagnóstico adequado com os equipamentos normais para testes acústicos de consultórios, uma ve que esses equipamentos funcionam com níveis de sons muito mais elevados, 80 dB(decibéis) ou superior a isso.

Os experts nesse problema de audição raro aconselham às famílias e médicos a serem  compreensivos. E o fato de ser vítima desse “tortura acústica” é por si só bastante mau, mas a falta de compreensão e empatia da família e dos médicos só faz piorar a situação. 

Hiperacusia pode ser um problema especialmente difícil para as crianças, uma vez que pode ser muito difícil para elas ser entendidas pelos adultos o fato de tapar os ouvidos e sair da sala de aula não significa uma atitude de travessura, porém isso ocorre por motivo do som para elas desagradável.
Os médicos salientam que a cura para esse problema não é o silêncio e nem protetor auditivo, ao contrário, o ruído muito baixo pode piorar gradativamente ainda mais tornando o paciente de heperacúsia incapaz de ter uma vida normal. Ao invés disso, as pessoas que que sofrem de hiperacusia devem arrodear-se de sons agradáveis com nível baixo,  sempre.É possível utilizar rádios com volumes baixo, especialmente um gerador de ruído para uma estimulação constante para ajudar o cérebro a readaptar-se aos sons diários normais.

Por favor use nossos artigos

Você será sempre bem vindo para indicar ou usar nossos artigos. A única restrição é que você forneça um link direto para o artigo específico que usar na página que nos citou/indicou.

Você não poderá, Infelizmente, usar nossas fotos, uma vez que nós não temos copyright delas, mas temos o direito de usá-las em nossa website