A website número 1 no mundo em audição e perda auditiva
Desde 1999

19 de dezembro de 2011

Os homens ouvem melhor num ambiente ruidoso de festa que as mulheres

Segundo uma pesquisa alemã, os homens têm uma capacidade maior de ouvir sons relevantes em ambientes ruidosos, como por exemplo em festas. O motivo disso, deve-se ao fato de que no início da humanidade o homem era responsável de alimentar sua família e, portanto, era ele quem saia para caçar.

Os homens ouvem melhor num ambiente ruidoso de festa que as mulheres

Muitos de nós conhecemos essa situação em que numa festa queremos conversar com alguém, no entanto , isso se torna estressante por conta de ruídos de fundo. As palavras das pessoas com quem estabelecemos um diálogo ficam abafadas por conta da conversa de outros e da música alta do ambiente. Precisamos nos concentrar muito no que a pessoa com quem falamos diz, como também separar os sons relevantes de fundo.  Nosso sistema de audição fica muito estressado, fenômeno esse conhecido como “the cocktail party phenomenon”, ou seja, dificuldade de selecionar sons relevantes. Os pesquisadores alemães descobriram que os homens ouvem melhor em festa que as mulheres e que eles têm  uma capacidade maior de separar sons relevantes de ambientes ruidosos.

Seleção Natural e Evolução

Os pesquisadores da Neurological Clinic of the University Hospital and the Hertie Institute for Clinical Brain Research (HIH) in Tübingen, Germany (Hospital Universitário de Pesquisa da Mente Humana, na Alemanha), descobriram que a capacidade auditiva espacial dos homens é bem mais desenvolvida que a das mulheres. A pesquisa mostrou também que que a habilidade dos homens de ouvirem melhor em festas ocorre devido a diferença da evolução entre os dois sexos.

“O homem era quem saía para caçar e, nesse contexto, a atenção era algo extremamente importante. Desse modo, a presa poderia ser localizada através de ruídos antes de ser vista.” Declara Ida Zündorf e o professor Hans Otto Karnath da University Hospital in Tübingen (do Hospital Universitário em Tübingen, Alemanha.

Sobre a pesquisa

Durante a pesquisa foi pedido aos participantes para ouvirem e identificarem a procedência do  ruído. No primeiro teste os sons foram apresentados um de cada vez e tanto os homens quanto as mulheres cumpriram satisfatoriamente a tarefa. No teste seguinte sons diversos foram apresentados ao mesmo tempo e os participantes tinham que identificar de onde procedia um único som, essa última tarefa foi mais difícil para as mulheres, e em alguns casos as mulheres pensavam que o som vinha de outra direção. 

Fonte: Hörakustik, 9/2011, www.sciencedaily.com

Por favor use nossos artigos

Você será sempre bem vindo para indicar ou usar nossos artigos. A única restrição é que você forneça um link direto para o artigo específico que usar na página que nos citou/indicou.

Você não poderá, Infelizmente, usar nossas fotos, uma vez que nós não temos copyright delas, mas temos o direito de usá-las em nossa website