A website número 1 no mundo em audição e perda auditiva
Desde 1999

29 de julho de 2013

Treinamento melhora a habilidade auditiva em crianças com perda auditiva

Programas de treinamento auditivo pode aumentar aproximadamente 50% a capacidade de crianças com problemas auditivos em ambientes ruidosos, conforme mostra uma pesquisa.

Treinamento melhora a habilidade auditiva em crianças com perda auditiva

No estudo feito com 24 crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos foi comprovado o desenvolvimento de 50% de compreensão delas  aos sons em ambientes ruidosos. O aumento de audição ocorreu após a criança mais nova ter participado de sete sessões de uma hora durante o período de três semanas.

Os benfícios de treinamento foram conservados

Conforme a Universidade de Washington (University of Washington), esses resultados foram os primeiros a demonstrar que treinamento auditivo com ruídos podem funcionar em crianças. Além disso, os efeitos do treinamento foram ainda evidentes em muitas crianças quando elas foram testadas três mêses após o final do tratamento.

“O resultado foi melhor do que eu esperava, olhei minha pesquisa no mínimo quatro, cinco vêzes para ter a certeza de que realmente havíamos encontrado bons resultados com esse trenamento e havíamos” afirmou Jessica Sullivan líder principal e professora assistente da ciência da fala e audição da Universidade de Washington (University of Washington).

“O treinamento de manutenção é  realmente uma descoberta significante. E indica que novas estratégias de audição têm sido desenvolvidas para detectar fala com ruídos”, além disso, Sullivan fala das implicações dos estudos.

Apredendo como filtrar ruídos de fundo

As pessoas que sofrem de perda auditiva são geralmente mais lentas para captar sons e menos efetivas no processo de informações auditivas.

O objetivo principal do programa de treinamento da pesquisa era, portanto, treinar a mente das crianças para filtrar ruídos de fundo e por meio deste aprimorar suas habilidades de escuta.

O treinamento envolvia duas frases “Nós vimos dois ursos marrons”(We saw two brown bears) ou “A vovó deu feijão vermelho ao Bob”, sons esses semelhantes aos dos ruídos da classe.

Os pesquisadores aumentaram o volume de ruídos, com o avanço dos exercícios, o número de palavras nas frases e o tempo entre ouvir a frase e identificar quais palavras foram ditas. 

Mais pesquisas serão realizadas

No futuro mais estudos serão realizados no sentido de descobrir como o treinamento funciona para outras pessoas, como adultos e usuários de implante coclear.

Outros tipos de ruídos também incluidos em contextos reais serão usados para descobrir os efeitos do programa de treinamento em ambientes distintos. 

Fonte: www.washington.edu

Por favor use nossos artigos

Você será sempre bem vindo para indicar ou usar nossos artigos. A única restrição é que você forneça um link direto para o artigo específico que usar na página que nos citou/indicou.

Você não poderá, Infelizmente, usar nossas fotos, uma vez que nós não temos copyright delas, mas temos o direito de usá-las em nossa website