A website número 1 no mundo em audição e perda auditiva
Desde 1999

16 de fevereiro de 2016

Treine suas funções cognitivas e melhore sua audição

A idade reduz a inteligibilidade de discurso, mesmo para as pessoas sem perda auditiva. Programas de treino cognitivo podem reduzir o problema.

Treine suas funções cognitivas e melhore sua audição

Um estudo realizado por pesquisadores de audição da Universidade de  Cambridge University of Cambridge e  MRC Institute of hearing in Nottingham, no Reino Unido, afirma que as  aptidões cognitivas e o processamento auditivo são contribuidores significantes na idade, no que diz respeito à dificuldades de entendimento da fala.

Funções cognitivas reduzidas

O estudo consiste em grupo de pessoas jovens e idosas, e em ambos os grupos essas pessoas foram acompanhadas quanto à sensibilidade periférica da audição, e os testes incluíram fala em meio a ruído, cognição e envio à distância.
Os pesquisadores revelaram que o grupo de pessoas idosas esforçou-se nas tarefas da fala em meio a ruído, embora não tivesse prejuízos periféricos auditivos. O estudo concluiu, pois, que a identificação da fala em meio a ruído diminuía com a idade, a qual poderia também ser devido ao déficet relacionado a idade e funções cognitivas reduzidas.

Nova investigação

É um fato bem documentado que pessoas com funções cognitivas, como por exemplo atenção, memória e emoção e aprendizagem – são reduzidas com a idade. Portanto, oa cientistas sugerem, com base nos estudos que pessoas idosas com perda auditiva além de aparelho auditivo, deveria exercitar suas funções cognitivas.

Os cientistas estão agora acompanhando um grupo de adolescentes até a velhice. Eles esperam descobrir quando estas mudanças, relacionadas à idade, podem ser observadas.

Perda auditiva e cognição

Idosos com perda auditiva, não tratada, são mais propensos a desenvolver problemas de reflexão e memória do que idosos que escutam normalmente, segundo estudo. Um outro estudo revelou que idosos que usam aparelho auditivos têm o mesmo nível cognitivo que os que não têm perda auditiva.

Leia a pesquisa completa aqui:
http://journal.frontiersin.org/Journal/10.3389/fnagi.2014.00347/full

Fonte:www.varsity.co.uk/

Por favor use nossos artigos

Você será sempre bem vindo para indicar ou usar nossos artigos. A única restrição é que você forneça um link direto para o artigo específico que usar na página que nos citou/indicou.

Você não poderá, Infelizmente, usar nossas fotos, uma vez que nós não temos copyright delas, mas temos o direito de usá-las em nossa website