Aparelhos auditivos para crianças

Se seu filho tem deficiência auditiva, é muito importante escolher aparelhos auditivos que combinem com suas necessidades específicas.

Crianças de todas as idades, mesmo as mais novas, podem usar aparelhos auditivos. Aparelhos auditivos para crianças são chamados também de aparelhos auditivos pediátricos. Existem diferentes tipos de aparelhos auditivos para crianças com deficiência auditiva. Todos os aparelhos auditivos  para crianças que existem, atualmente, são digitais.

No entanto, a escolha dos melhores aparelhos auditivos (tipo, tamanho e estilo) para seu filho, com dificuldade auditiva, vai depender muito do tipo e grau de deficiência dele. A escolha de aparelhos auditivos deve ser sempre feito através de um diálogo aberto com um fonoaudiólogo e recomendação dele. A maioria dos aparelhos auditivos para crianças é retroauricular, sigla em inglês,(BTE) o qual  é posicionado atrás da orelha, transmitindo, desse modo, o som próximo ao tímpano. Aparelhos auditivos corretos irão ajudar seu filho, com dificuldades auditivas, a crescer e desenvolver-se.

Aparelhos auditivos específicos para crianças

Todos os fabricantes importantes têm uma variedade de aparelhos auditivos feitos especialmente para crianças, que vai de bebês a crianças pequenas, como também as do ensino fundamental e adolescentes. Alguns dos aparelhos são coloridos, ou talvez visíveis, decorativos, ou de outras formas.

Para crianças pequenas, o aparelho auditivo deve ser fácil de usar. Os aparelhos auditivos, incluindo o molde auricular deve ser resistente a impacto de brincadeiras e jogos, como também à poeira e umidade. Aparelhos auditivos retroauriculares são quase sempre recomendáveis, especialmente para bebês, crianças, estudantes do ensino fundamental e crianças no período escolar.

Os benefícios de aparelhos auditivos para crianças

Existem muitos benefícios relacionados ao uso de aparelhos auditivos para crianças com deficiência auditiva. Crianças que usam aparelhos auditivos podem crescer e desenvolver-se quase que na mesma proporção que as demais crianças.

O cérebro das crianças desenvolvem-se rápido e entradas de sons são muito importantes para o desenvolvimento do cérebro, da audição, fala e linguagem. Deficiência auditiva não tratada afeta a habilidade de seu filho de entender, falar, aprender, socializar-se e comunicar-se.

Portanto, se seu filho tem deficiência auditiva, principalmente se a deficiência auditiva é grave ou profunda, é muito importante que ele comece usando aparelho auditivo o mais rápido possível.

Se seu filho, com deficiência auditiva, usa aparelho auditivo, vocês como pais contarão com melhores condições para comunicar-se com ele e apoiá-lo.

Contate profissionais da área de saúde

Se seu filho tem deficiência auditiva e usa aparelho auditivo, é muito importante checar se o aparelhos auditivos estão adaptados e ajustados corretamente de modo que estejam correspondendo com o nível atual de audição de seu filho, uma vez que deficiência auditiva pode desenvolver-se com o tempo. E esse procedimento é feito através de um fonoaudiólogo.

Algumas crianças, que usam aparelho auditivo, podem necessitar de ajuda de terapeuta da fala e outros profissionais de saúde, principalmente, se a deficiência auditiva é bastante grave ou profunda. Sendo assim, você deve também contatar diferentes tipos de profissionais de saúde.

Seja paciente, cuidadoso e amável

Quando seu filho começar a usar aparelhos auditivos, você deve lembrar que ele levará algum tempo para se adaptar, e isso ocorre também com a criança pequena. Seu filho precisará aprender a ouvir novos sons, que ele nunca ouviu antes. Lembre também que o mundo torna-se mais “ruidoso” quando ele começa a usar seus aparelhos auditivos. Isso pode ser irritante para uma criança pequena.

A melhor maneira para ajudá-lo é ser cuidadoso, amável e compreensivel com ele.  É necessário motivação, apoio e participação dos pais para a adaptação da criança ao aparelho auditivo,. Aparelhos auditivos avançado e bem ajustados não serão muito úteis, se a criança não usá-los, ou se eles não forem mantidos e ajustados para  suas reais necessidades.

Seu filho necessitará também estar ciente do problema, e entender o motivo pelo qual ele precisa usar aparelhos auditivos. Durante esse processo, comunicação e motivação são fatores muito importantes para que seu filho tenha vontade de usar aparelhos auditivos.

Quanto maior for o envolvimento, maior será o entendimento da criança e maior será o desejo de usar aparelhos auditivos.

Implantes cocleares

Se seu filho tem deficiência auditiva grave ou profunda, ou é praticamente surdo, implantes cocleares ou outros tipos de implantes auditivos podem ser uma alternantiva para aparelhos auditivos. Seu fonoaudiólogo ou clínico geral podem orientar-lhe quanto à escolha da solução correta para seu filho.

Receba notícias atualizadas da Hear-it.