15 Setembro 2020

Deficiência auditiva apontada como maior fator de risco de demência

A comissão da revista científica The Lancet aponta 12 fatores de risco para demência: Deficiência auditiva não tratada é o maior fator de risco dentre estes.

Em um relatório sobre prevenção de demência, intervenção, e cuidados, a revista científica Lancet fez menção a uma lista de 12 riscos de fatores de demência.

Os primeiros nove riscos de fatores reportados de 2017 foram: pouca escolaridade, hipertensão, deficiência auditiva, tabagismo, obesidade, depressão, sedentarismo, diabetes, isolamento social.

Os três novos fatores de riscos são: consumo excessivo de álcool, traumatismo craniano (TBI), sigla em inglês, e poluição do ar.

Segundo Lancet Commission, os 12 fatores de risco podem explicar 40% dos casos de demência. Todos os 12 fatores de risco são potencialmente modificáveis, como por exemplo, deficiência auditiva, que pode ser tratada com aparelhos auditivos e implantes auditivos. Para 60% dos casos de demência, o risco é ainda desconhecido.

Deficiência auditiva

No relatório, deficiência auditiva não tratada representa 8%, ou seja, um quinto do total de fator de risco de 40%. No relatório de 2017, deficiência auditiva representava 9%. Adicionando três novos fatores de risco reduz-se 1%,  que representa a parte essa equivalente à deficiência auditiva.

No relatório, Lancet Commission escreveu que ao se usar aparelho auditivo reduz-se o excesso de risco de deficiência auditiva. Por isso, Lancet Comission incentiva o uso de aparelhos auditivos para tratamento e redução de  deficiência auditiva, como também para proteger os ouvidos de exposição excessiva de ruídos.

Os 12 fatores de risco

Os 12 fatores de risco da Lancet Comission são:

  • Deficiência auditiva: 8%
  • Pouca escolaridade: 7%
  • Tabagismo: 5%
  • Depressão: 4%
  • Isolamento social: 4%
  • Traumatismo craniano: 3%
    Sedentarismo: 2%
    Hipertensão: 2%
    Poluição do ar: 2%
  • Obesidade: 1%
  • Diabetes: 1%
  • Álcool: 1%
     
  • No total: 40%

O relatório “Dementia prevention, intervention and care: 2020 report of the Lancet Commission”, foi publicado na  revista científica The Lancet.

O relatório pode ser encontrado (em inglês).

Fonte e foto: The Lancet

Saiba mais:
Receba notícias atualizadas da Hear-it.