01 Julho 2019

Deficiência auditiva não tratada resulta em aumento de custo na saúde

Custos com a saúde aumentam quando deficiência auditiva não é tratada, e há grandes riscos de se contrair outras doenças e enfermidades como, por exemplo, demência, depressão, como também lesões e quedas, essas duas últimas são conhecidas como causas principais.

Para pessoas com deficiência auditiva não tratada, os custos com a saúde sofre um aumento de 46% ou $ 22.434 (dólares americanos) por pessoa, acima de um período de 10 anos ao comparer-se a pessoas sem deficiência auditiva, segundo estudo liderado por pesquisadores da universidade Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health, nos Estados Unidos.

Mais internações hospitalares

O estudo revelou que após 10 anos pacientes com deficiência auditiva não tratada experimentam mais de 50% de internação hospitalar, têm risco acima de 44% de reinternação hospitalar, no prazo de 30 dias, e são 17% mais propensos a visitar ambulatório de emergência, e têm 52 mais chances de visita ambulatoriais comparado aos que não têm deficiência auditiva.

Demência, depressão e queda

Outro estudo aponta que pessoas idosas, que têm deficiência auditiva, correm grande risco de sofrer de demência e depressão, como também facilidade de cair e de contrair outras doenças. Adultos com deficiência auditiva têm estimativa de 50% de aumento de risco de ter demência, 40% aumento de risco de ter depressão e quase 30% aumento de risco de cair, quando comparados com pessoas sem deficiência auditiva, num período acima de 10 anos, revela estudo.

Problemas de comunicação

Existe um aumento de risco de 32% de reinternação hospitalar se você tem experimentado deficiência auditiva e tem problema de comunicação, apontam outros estudos. O estudo revelou que pacientes hospitalares, com deficiência auditiva, que têm problema para comunicar-se com médicos e funcionários da área de saúde, são mais propensos a se reinternarem num período de 30 dias, comparados a pacientes que não experimentam deficiência auditiva.

Lesões acidentais

Finalmente, um estudo revelou que se você tem dificuldade auditiva, você tem grande risco de envolver-se em lesões acidentais O estudo mostrou que as pessoas entrevistadas que tinham muitas dificuldades auditivas eram duas vezes mais suceptíveis a experimentarem lesões acidentais do que os entrevistados com audição normal. Os tipos mais predominantes de lesões entre os entrevistados, com deficiência auditiva, estavam relacionados a trabalho e entretenimento.

 

Leia mais: