Definição de deficiência auditiva

Os tipos comuns de deficiência auditiva classificam-se em deficiência auditiva suave, deficiência auditiva moderada, deficiência auditiva moderadamente severa, deficiência auditiva severa e deficiência auditiva profunda.

Deficiência auditiva pode ser classificada ou definida de várias maneiras e categorias. Essa definição/classificação é usada pelos estudos da Global Burden of Disease, em português, Carga Global de Doença(CGD) a qual é utilizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O que é deficiência auditiva suave

O que é deficiência auditiva suave? O som mais suave que uma pessoa pode ouvir com boa audição, em média,  gira em torno de 25 a 34 dB (decibéis). Pessoas que têm deficiência auditiva suave irão normalmente ter certas dificuldades com cdiálogos, especialmente, em ambientes ruidosos.

Deficiência auditiva moderada

O que é deficiência auditiva moderada? Em média, o som mais suave que as pessoas com essa deficiência podem ouvir, ouvindo bem, é entre 35 e 49 dB. Pessoas que sofrem de deficiência auditiva moderada têm problema para ouvir em diversas situações, como também dificuldade em manter um diálogo. Elas são beneficiadas com o uso de aparelhos auditivos.

Deficiência auditiva moderadamente severa

O que é deficiência auditiva moderadamente severa? O som mais suave que as pessoas podem ouvir bem  gira em torno de 50 a 64 dB. Pessoas que sofrem de deficiência auditiva moderadamente severa têm problemas auditivos, geralmente, quando não usam aparelhos auditivos.

Deficiência auditiva severa

O que é deficiência auditiva severa? Em via de regra, o som mais suave que uma pessoa com esse tipo de deficiência auditiva pode escutar bem é entre 65 a 79 dB. Pessoas que sofrem com deficiência auditiva severa têm dificuldade de ouvir e elas, normalmente, usam aparelhos auditivos potente. Tais pessoas mesmo usando aparelho auditivo dependem, com frquência, de leitura labial.

Deficiência auditiva profunda

O que é deficiência auditiva profunda? O som mais suave e melhor, em geral, que uma pessoa escuta gira em torno de 80 dB, ou acima disso. Pessoas que sofrem com deficiência auditiva profunda têm audição fragilizada e precisam de aparelho auditivo potente, ou implante auditivo. E muitas dependem também de leitura labial e/ou língua de sinais.

Todos esses tipos de deficiência auditiva, citados acima, são normalmente caracterizados através de testes audiométricos de 500, 1000, 2000 e 4000 Hz.

Deficiência auditiva incapacidade

A Global Burden of Disease (GBD), em português, Carga Global de Doença (CGD) define deficiência auditiva incapacidade como uma deficiência auditiva acima de 35 dB ou mais em audição de adultos.

Sobre Global Burden of Disease, Carga Global de Doença (CGD)

A Global Burden of Disease, Carga Global de Doença (CGD), é um programa de pesquisa a nível global e regional de carga de doenças que avalia a mortalidade e deficiência das principais doenças.

Leia mais sobre Global Burden of Disease Study aqui:  http://www.healthdata.org/gbd ou aqui: https://www.who.int/healthinfo/global_burden_disease/about/en/