25 Junho 2020

Implantes cocleares beneficiam idosos com deficiência auditiva severa

Idosos com deficiência auditiva profunda experimentam, semelhantemente, dos mesmos benefícios de implantes cocleares de adultos, aponta estudo.

Um estudo italiano revelou que implantes realizados em adultos, com deficiência auditiva severa, resultam em qualidade de vida, quando comparado a pacientes mais novos, que adquiriram implantes cocleares.

O objetivo do estudo era avaliar os benefícios de implantes cocleares, percepção da fala, qualidade de vida e função cognitiva em idosos com deficiência auditiva severa, ao comparar pessoas mais novas com implantes cocleares.

Melhor percepção da fala

Durante o estudo observou-se que a percepção da fala foi significantemente aprimorada em ambos os grupos de pacientes com implantes. Não havia diferenças significativas na qualidade de vida entre pacientes mais jovens e idosos.

A análise estatística de dados revelou um aprimoramento significativo na apresentação de testes audiométricos da fala um ano após a ativação de implantes cocleares (IC), e finalmente, exames comparados com pré-operatório de implantes mostraram bons resultados tanto para pacientes mais jovens, como para idosos com implantes cocleares.

Segundo os autores da pesquisa, o estudo sustenta a observação de que a qualidade de vida em idosos com deficiência auditiva severa é aprimorada após implante, chegando esta ao nível de indivíduos mais jovens que usam implante cocleares.

Sobre o estudo

O estudo foi realizado com pessoas que se submeteram a implantes cocleares em uma universidade na Itália, Brescia University Hospital, entre os anos de 2004 e 2015. O critério audiológico de inclusão do grupo de experiência constituia-se de pacientes com deficiência auditiva progressiva profunda pós-lingual, pessoas que já usavam aparelho auditivo unilateral, no mínimo um ano, ou  usuário de implante coclear bilateral, sessões de instalação de CI,  e terapia da fala, realizada  no mínimo um ano. A idade mínima era de 65 anos, ou acima disso.

Um total de 69 participantes foram incluídos no estudo, e 25 pacientes com implantes contavam com a idade de 65 anos, ou acima disso. O grupo de controle consistia de 19 pacientes adultos com 50 anos de idade ou mais jovens. Um terceiro grupo de controle compreendia 25 participantes com audição normal, com 65 anos de idade ou acima disso.

Entre os idosos com implante coclear, havia 23 usuários com IC unilateral e 2 com IC bilateral. Já o grupo de pacientes mais jovens consistia de 17 usuários com IC unilateral e 2 usuários com IC bilateral.

O estudo “Cognitive function and quality of life in older adult patients with cochlear implants”, foi publicado na revista científica  International Journal of Audiology.

Fontes: www.ncbi.nlm.nih.gov e International Journal of Audiology

 

Sign up! Get news updates from hear-it.org