A website número 1 no mundo em audição e perda auditiva
Desde 1999

14 de maio de 2019

Uma dieta saudável pode diminuir risco de deficiência auditiva em mulheres

Uma dieta saudável proporciona muitos resultados positivos para a saúde. E isso pode ser importante também para reduzir risco de deficiência auditiva em mulheres, aponta estudo americano.

Uma dieta saudável pode diminuir risco de deficiência auditiva em mulheres

Mulheres cujas dietas são mais saudáveis que de outras têm baixo risco de desenvolver deficiencia auditva moderada ou deficiência auditiva mais grave, aponta estudo americano.

Alimentação saudável reduz risco de deficiência auditiva

O estudo examinou a relação entre deficiência auditiva e três diferentes dietas, The Alternate Mediterranean Diet (AMED), em português, Dieta Mediterrânea que consiste, principalmente, em frutas, vegetais, legumes, feijão, castanhas, grãos, azeite de oliva, peixe, e frutos do mar.  Essa dieta permite doces e carne vermelha, ocasionalmente, e queijos e iogurtes com moderação.

A dieta para baixar a pressão alta,  em inglês, Dietary Approaches to Stop Hypertension (DASH), consiste em frutas e vegetais, sendo permitido o consumo diário de carne, aves e peixe em moderação, como também óleos e doces de baixa caloria. E a última dieta, Índice e Alimentação Saudável (IAS),  em inglês,Alternative Healthy Eating Index-2010 (AHEI-2010), que tem componentes semelhantes das outras duas dietas.

O estudo revelou que mulheres que fazem as dietas AMED e DASH têm risco  inferior a 30% de ter defciência auditiva moderada, ou mais grave, comparado a mulheres que não fazem dieta. O estudo não encontrou uma nítida correlação entre dieta AHEI-2010 e risco de deficiência auditiva, no entanto, alguns resultados no estudo indicam que essa dieta pode também reduzir risco de deficiência auditiva.

“Comer bem contribui para uma boa saúde, em geral, e isso pode também ajudar a reduzir risco de deficiência auditiva”, afirma Dra. Sharon Curhan, responsável pelo estudo e epidemiologista de um hospital em Boston, Estados Unidos,  Brigham and Women’s Hospital in Boston.

Sobre o estudo

O estudo teve início em 1989 e examinou 81.818 mulheres de 25 a 42 anos de idade. O estudo acompanhou as participantes durante 22 anos, as quais preencheram formulários acerca da adesão à dieta e análise de sua habilidade auditiva.

Fonte: “Adherence to Healthful Dietary Patterns Is Associated with Lower Risk of Hearing Loss in Women”, publicado na revista The Journal of Nutrition andwww.usnews.com

 

Por favor use nossos artigos

Você será sempre bem vindo para indicar ou usar nossos artigos. A única restrição é que você forneça um link direto para o artigo específico que usar na página que nos citou/indicou.

Você não poderá, Infelizmente, usar nossas fotos, uma vez que nós não temos copyright delas, mas temos o direito de usá-las em nossa website