15 Janeiro 2020

Usar aparelho auditivo ajuda a protejer seu cérebro

Estudo britânico aponta que aparelho auditivo conserva sua mente saudável e proteje-a contra demência.

Um estudo conduzido pela University of Exeter e King’s College London, no Reino Unido, revelou que pessoas que usam aparelhos auditivos por conta de deficiência auditiva relacionada à idade mantém, ao longo do tempo, a função do  cérebro melhor do que pessoas que não usam aparelhos auditivos.

O estudo realizou, recentemente, uma importante pesquisa baseada em dados compilados da Lancet Commission on Dementia Prevention, Intervention and Care, os quais revelaram que deficiência auditiva aumenta significantemente risco de demência. Esse estudo sugere que usar aparelho auditivo diminui o risco.

Comparando usuários e não usuários

Os dados oferecem evidências anteriores que encorajam as pessoas a usarem aparelho auditivo efetivo, uma vez que elas precisam proteger suas mentes no sentido de reduzir risco de demência.

O estudo consistia em testes cognitivos realizados anualmente, ao longo do dois anos no grupo de pessoas que usavam aparelho auditivo.

Os dois grupos foram submetidos a testes cognitivos a cada ano, num período de dois anos, e os dados mostraram que pessoas que usam aparelho auditivo apresentaram um melhor desempenho em testes que avaliaram a memória no trabalho e atenção, quando comparado com indivíduos que não usam aparelho auditivo. Os pesquisadores observaram que os participantes com aparelho auditivo reagiam mais rápido, o que demonstra ser uma reflexão de concentração.

Deficiência auditiva está associada à função do cérebro

A líder da PROTECT, Dra. Corbett da  University of Exeter afirmou que “Pesquisas anteriores têm mostrado que deficiência auditiva está associada à perda de função cerebral, memória e aumento de risco de demência. Nosso trabalho, um dos maiores estudos, é observar o impacto que causa o uso de aparelho auditivo e  o mesmo sugere que o uso de aparelho auditivo pode, na verdade, proteger o cérebro. Nós precisamos no momento de mais estudos e pesuisas clínicas para testar esse e talvez subsidiar políticas no sentido de ajudar as pessoas a conservarem uma vida saudável e longa”

Encontre um aparelho auditivo que possa lhe auxiliar

O Professor da Clive Ballard, da University of Exeter Medical School, afirma: “ Esseé um estudo anterior e precisa de mais investigação, mas já conta com um potencial interessante. A mensagem que queremos passar é que se você necessita de aparelho auditivo, encontre um que possa auxiliar-lhe, e que no mínimo, possa melhorar sua audição e ajudar no sentido de conservar seu cérebro saudável.”

Fontes: www.exeter.ac.uk e www.medicaldevice-network.com